Novas Postagens

// Posted by :Alysson Borges

 

Jum Maeda, famoso escritor de animes super famosos como "Air", "Clannad", "Kanon", volta a produzir depois de 5 anos de hiato.

Na trama de "Charlotte", a puberdade traz mudanças mais excepcionais na vida dos jovens do que estamos acostumados. De uma hora pra outra, qualquer um deles pode descobrir que tem um superpoder. Como, quando, onde e de que forma eles usam esses talentos é que fará a diferença.
O primeiro episódio de "Charlotte" foi ao ar em 5 de julho e o programa já se tornou um dos destaques da atual temporada de animes japoneses. Nada que se compare a "Dragon Ball Super", mas ainda assim o autor Jun Maeda é super consagrado por suas histórias intensas e com sentimentalismo na medida certa. Por exemplo, seu trabalho em "Angel Beats!" e "Air".


Uma das principais bases de um anime divertido, é claro, são os personagens. E no quesito protagonista, "Charlotte" pode dar um banho de originalidade. O menino Yuu Otasaka descobre que tem o superpoder de "trocar de corpo" com outra pessoa, momentaneamente. Bem no estilo do que acontece na série "Sense 8" da Netflix. A diferença é que Yuu pode fazer isso com quem quiser e não recebe essa transmissão de sentimentos de volta.

Nao e Yuun, os protagonistas do anime "Charlotte"

Desde que descobriu essa habilidade especial, Yuu começou a usá-la para tirar vantagem na escola, na vida pessoal. Por exemplo, ele entra no corpo dos colegas inteligentes, memoriza suas respostas e consegue colar nas provas. Mas o grande problema é que Yuu não está nem aí para as consequências negativas que causa aos outros. Parece só pensar em si mesmo e ainda tira onda quando arma situações usando o superpoder, como se fosse "pica das galáxias".
Quando se vê apaixonado por Nao Tomori - porque tem que ter um romance pra ficar completo - aí, sim, as coisas começam a mudar. Seu crush pela menina vai influenciar a vida do moleque narcisista, começando com sua transferência para uma escola própria para quem tem superpoderes. "Charlotte" ainda está no segundo episódio, o que nos dá pouco conteúdo para analisar. Mas, até agora, tudo indica que o enredo seguirá um fluxo bem espontâneo, com mais ação do que normalmente se espera das obras de Jun Maeda.










Fonte: Purebreak

Leave a Reply

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

// Copyright © Reino de Atena | Animes | Mangás | Japão //